Notícia

Construção do Restaurante Popular deve ficar pronta até outubro próximo

Compartilhar:
2 de mai de 2020 Agricultura e Meio Ambiente
Imagem Construção do Restaurante Popular deve ficar pronta até outubro próximo
Construção do Restaurante Popular deve ficar pronta até outubro próximo

Com o investimento de quase R$ 4 milhões, o Restaurante Popular vai ser uma ferramenta de apoio para o município ampliar o atendimento às pessoas em situação de vulnerabilidade e trabalhadores da área industrial de Umuarama. A obra segue em ritmo acelerado na Avenida Júlio Cesar Jarros, Parque Danielle, ao lado do Banco de Alimentos e é resultado de parceria entre a Prefeitura e o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab).

O diretor de Obras da Prefeitura, Nélio Guazzelli, lembra que o investimento será de R$ 2,6 milhões apenas na construção, que soma 1.494,62 m². “No total, serão investidos R$ 3,9 milhões, sendo R$ 3,5 milhões do Estado e R$ 421 mil em contrapartida do município. A execução da parte civil tem prazo de entrega em outubro próximo e, ao que tudo indica, a obra segue o cronograma”, apontou.

O projeto todo compreende a construção de cozinha industrial, administração e refeitório, além de banheiros, depósitos e demais instalações. O convênio inclui a aquisição de equipamentos e materiais permanentes e de consumo, para produzir e comercializar refeições de boa qualidade a preços acessíveis, fortalecendo a rede de proteção nutricional do município.

“Com esta obra ampliaremos o atendimento aos segmentos mais vulneráveis, alinhados às diretrizes do Programa Paranaense de Apoio aos Restaurantes Populares. Levaremos comida de qualidade com baixo custo a desempregados, estudantes, idosos e aposentados, coletores de recicláveis, vendedores ambulantes, moradores de rua e trabalhadores de vários segmentos, entre outros públicos”, explicou o prefeito Celso Pozzobom.

A estimativa inicial é de oferecer 1 mil refeições por dia, número que pode ser ampliado conforme a demanda e as parcerias. “O objetivo é ofertar refeições saudáveis a um preço acessível, justo, contribuindo para reduzir os números da insegurança alimentar e risco nutricional, tudo isso com cardápio preparado e acompanhado por nutricionistas”, acrescentou.

A administração pretende estabelecer parcerias junto a empresas com grande número de empregados no parque industrial, para servir alimentação no local de trabalho, dando mais tempo aos trabalhadores e reduzindo custos.

“O Restaurante Popular se somará às estratégias que o município já oferece para combater a fome e melhorar a qualidade da alimentação distribuída à população. Temos o Banco de Alimentos, o programa Lixo que Vale, Compra Direta, o Sacolão do Produtor, distribuição de cestas básicas na Assistência Social e cestas verdes, além do repasse de alimentos a diversas entidades que atendem famílias necessitadas e servem refeições prontas gratuitamente”, completou Pozzobom.

Visualizar imagens Flickr