Notícia

Diretoria de Meio Ambiente realiza poda de manutenção na região central

Compartilhar:
17 de jun de 2020 Agricultura e Meio Ambiente
Imagem Diretoria de Meio Ambiente realiza poda de manutenção na região central
Diretoria de Meio Ambiente realiza poda de manutenção na região central

A Diretoria de Meio Ambiente da Prefeitura de Umuarama mantém um trabalho constante de manutenção da arborização urbana e vem realizando, nos últimos dias, a poda de árvores nas principais avenidas, suprimindo galhos muito baixos – que oferecem risco de queda, prejudicam o trânsito de veículos e pedestres. Na manhã desta quarta-feira, 17, o trânsito foi bloqueado temporariamente na Rua Governador Ney Braga, entre a Avenida Brasil e a Rua Dr. Rui Ferraz de Carvalho, na Zona 1, para realização do serviço.

A Rua Ney Braga foi incluída no projeto de revitalização da arborização urbana, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, que envolve também os canteiros das principais avenidas da cidade. O projeto implica na poda ou remoção de árvores com a saúde comprometida, fora do alinhamento ou que estejam impedindo a visão dos motoristas – muitas delas plantadas sem critério técnico por moradores próximos.

Nos últimos dias, cerca de 1,5 mil árvores tiveram a poda realizada e por vezes é necessário bloquear o trânsito temporariamente para garantir a segurança dos transeuntes. “O serviço geralmente é rápido, para minimizar os transtornos, mas realizado com bastante critério. A equipe é bem orientada e a poda é necessária”, disse o diretor de Meio Ambiente, Matheus Michelan Batista. “Além disso deixa os passeios mais claros para a população”, completou.

A poda já foi realizada em grandes trechos das avenidas Brasil, Rio de Janeiro, Getúlio Vargas, Presidente Castelo Branco e em toda a extensão da Avenida Paraná. “Vamos continuar na Rio de Janeiro e estender o serviço até a Avenida São Paulo, nos próximos dias”, acrescentou o diretor, lembrando que os galhos e folhas são triturados e depositados em área reservada no aterro sanitário municipal, para posteriormente ser distribuído aos pequenos produtores rurais em forma de cavaco, como material orgânico para hortas e outros cultivos.

Nos canteiros atendidos pelo projeto, o solo é recomposto e recebe o plantio de grama que embeleza e evita erosão e também de mudas de árvores de espécies adequadas à arborização urbana. “Para cada árvore removida, plantamos várias mudas de novas espécies para reposição, pois a finalidade é manter a cobertura verde de Umuarama, muito importante para amenizar a temperatura, quebrar as correntes de ventos, fornecer sombra e deixar o ar mais puro e agradável”, completou Matheus Batista.

Ele lembrou que apenas no parque ambiental em implantação no antigo Centro Poliesportivo, na Avenida Parigot de Souza, a Prefeitura vai plantar em breve mais de 430 mudas de árvores, algumas delas já desenvolvidas. “Serão 364 árvores perenes, 17 ipês amarelos, 22 brancos e 31 roxos, que deixarão o parque muito ber arborizado em pouco tempo”, finalizou o diretor.

Visualizar imagens Flickr