Notícia

Prefeitura entrega coletor com 50 kg de pilhas usadas ao Sicoob

Compartilhar:
3 de jun de 2019 Agricultura e Meio Ambiente
Imagem Prefeitura entrega coletor com 50 kg de pilhas usadas ao Sicoob
Prefeitura entrega coletor com 50 kg de pilhas usadas ao Sicoob

A Diretoria do Meio Ambiente da Prefeitura entregou o segundo coletor de pilhas à agência do Sicoob dentro do projeto “Papa Pilhas”, realizado através de parceria entre a Prefeitura e a cooperativa de crédito. Foram cerca de 50 quilos de pilhas e baterias recolhidos em pequenas urnas disponibilizadas para a população nas diversas secretarias do Paço Municipal e também nas unidades básicas de saúde (UBS). Com o primeiro coletor foram mais de 30 quilos de material.

A entrega foi feita na última quinta-feira, 30, pelo diretor de Meio Ambiente, Matheus Michelan Batista, e pela chefe de divisão Fernanda Periard Mantovani, ao gerente da agência Sicoob, Flávio Ferrarezi, que estava acompanhado da gerente de crédito Daiane da Silva, do assistente de atendimento Giovani Silva e de Valéria Orlando, do Departamento de Recursos Humanos.

As pilhas usadas descartadas nos coletores são repassadas, posteriormente, a uma empresa de Curitiba especializada na reciclagem e destinação adequada dos materiais componentes. “A parte metálica (invólucro) e alguns componentes podem ser reciclados, com processos específicos, mas os materiais contaminantes são separados e recebem o tratamento apropriado para não contaminar o meio ambiente”, explicou Matheus Batista.

O diretor acrescenta que pilhas e baterias de celular e demais eletrônicos contém metais pesados, que se forem descartados em aterro sanitário ou no meio ambiente contaminam o solo, rios e o lençol freático. “O acúmulo desses materiais no organismo, caso eles tenham contato com os alimentos consumidos pela população, pode provocar problemas de saúde ao longo do tempo, inclusive o câncer”, apontou.

Portanto, é importante tratar com seriedade a destinação das pilhas velhas e esse projeto é uma ótima alternativa. “Basta procurar a unidade de saúde mais próxima ou trazer até a Prefeitura, onde temos coletores na entrada e em vários setores. Também estamos acertando com a Secretaria Municipal de Educação para disponibilizar os ‘papa-pilhas’ em todas as escolas municipais e centros de educação infantil (CMEIs) para que os alunos levem as informações às suas famílias e façam o descarte correto”, completou o diretor.

 

Fotos: Tiago Boeing/ PMU - clique aqui