Notícia

Proteção da mata ciliar da APA do rio Piava recebe atenção prioritária

Compartilhar:
8 de set de 2011 Diversos
Imagem Proteção da mata ciliar da APA do rio Piava recebe atenção prioritária
Proteção da mata ciliar da APA do rio Piava recebe atenção prioritária

Através de recursos do fundo gerido pelo Conselho Municipal do Meio Ambiente, estão sendo entregues quatro mil palanques (eucalipto tratado), além de arame, para reformas ou reconstruções de cercas visando a proteção da mata ciliar na Área de Proteção Ambiental (APA) do rio Piava. O investimento de R$ 60 mil robustece a intensificação de ações efetivas em prol da área, que comporta o conjunto hídrico responsável pelo abastecimento de água potável do município.
A propriedade do locutor de rodeios Ilson Galli foi escolhida para o ato simbólico da última quinta-feira, reunindo representantes da administração municipal, Sanepar, Emater, Instituto das Águas, Aciu, Tiro de Guerra e associação de produtores da APA. São atendidas propriedades com até quatro módulos fiscais. O lote adquirido corresponde a 20 mil m² de cerca, contribuindo para que o gado - principalmente - não chegue até as nascentes e leitos.
"O plano de manejo realizado recentemente detectou essa necessidade. Ao proteger a APA do rio Piava, estamos pensando no futuro de Umuarama, que tem consideráveis perspectivas de crescimento para as próximas décadas", avalia o prefeito Moacir Silva. Na ocasião, o chefe do Executivo municipal destacou a série de ações implementadas na atual administração, voltadas - sobretudo - à perfeita sintonia entre as populações de bairros como o Jabuticabeiras, famílias residentes na zona rural e a conscientização ambiental. "Implementamos ações inovadoras, como o projeto Lixo que Vale. A educação ambiental é uma prioridade e uma realidade, sempre como foco na qualidade de vida", ressalta.

Formação de base
A escola municipal Vinícius de Moraes, no Parque Jabuticabeiras, desenvolve atualmente o projeto ‘Todos de Mãos Dadas para Preservar o Rio Piava', que conta com o apoio da Prefeitura, através das secretarias de Educação e Agricultura, Meio Ambiente e Turismo.
O resultado de um amplo trabalho de formação e conscientização, iniciado em março, foi apresentado recentemente sob a forma de exposição. Um dos destaques é o calendário temático, ilustrado com desenhos e mensagens dos alunos. Maquetes e até telas do artista plástico Abraão Hachicho enriqueceram a mostra. A iniciativa também conta com a parceria da RPC (afiliada Globo), através do projeto de responsabilidade social Televisando o Futuro. Da mesma forma, o Instituto Federal do Paraná (IFPR/campus Umuarama) e a Sanepar contribuíram para o êxito das atividades.