Notícia

Reunião debate rumos da Cooperativa de Produtores Rurais de Umuarama

Compartilhar:
2 de mai de 2010 Diversos
Imagem Reunião debate rumos da Cooperativa de Produtores Rurais de Umuarama
Reunião debate rumos da Cooperativa de Produtores Rurais de Umuarama

A Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo coordenou ontem (29) pela manhã, no anfiteatro da Prefeitura, uma reunião para debater os rumos da Cooperativa de Produtores Rurais de Umuarama (Cooperu). A iniciativa viabilizou o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), que conta com as participações da Emater e do governo federal. Na abertura, o prefeito Moacir Silva destacou a importância do fortalecimento da agricultura familiar. Segundo ele, a reestruturação da Ceasa, a criação de uma cooperativa (exigência nos casos em que os repasses ultrapassam R$ 100 mil) e outras medidas são fundamentais para coibir o êxodo rural. "Tudo passa pela diversificação das pequenas propriedades rurais", disse.
Pelo menos 30% do montante previsto para o ano serão empregados na aquisição de alimentos de agricultores locais. Um detalhe importante é que os produtos orgânicos agregam 30% ao valor pago. Volumes maiores de alimentos são adquiridos diretamente dos produtores familiares e usados na merenda escolar da rede municipal.
As refeições servidas nas escolas públicas são financiadas em parte pelo governo federal e complementadas com recursos das prefeituras e dos governos de estado. No ano passado foram gastos mais de R$ 800 mil com a merenda, que atende cerca 7,5 mil estudantes e crianças que frequentam as creches do município. Estima-se que o PNAE repasse mais de R$ 500 mil até o final do ano. Mais de cinquenta produtores são beneficiados com repasses individuais de, no máximo, R$ 9 mil. "Estamos promovendo os ajustes necessários para que a demanda seja atendida satisfatoriamente, pois precisamos de alimentos de qualidade durante todo o ano. Os produtores estão conscientes e motivados", avalia o diretor Claudio Marconi.
A composição da primeira diretoria da cooperativa é a seguinte Aguinaldo Lolli - presidente; Marino Rodrigues Campos - secretário; Ademir Ragazzi, tesoureiro. O Conselho Fiscal é composto por Alcy Thomaz, Orlando Lazarin e Nelson Santana. Os suplentes são Robson Pinheiro, Edinaldo Lima Cirino e Ananias Souza Bento.