Notícia

Avança construção do canal aberto de drenagem pluvial do Bosque dos Xetá

Compartilhar:
4 de jun de 2020 Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos
Imagem Avança construção do canal aberto de drenagem pluvial do Bosque dos Xetá
Avança construção do canal aberto de drenagem pluvial do Bosque dos Xetá

As obras do canal de drenagem pluvial em construção no Bosque dos Xetá avançam rapidamente. A empresa responsável está concretando o dissipador, na parte final do trajeto, enquanto outra frente de trabalho vai estendendo a outra extremidade até o encontro com uma caixa já existente, que recebe as tubulações de águas pluviais da parte baixa da região central de Umuarama. O primeiro trecho do canal está finalizado.

Com a construção acontece em etapas, uma vez que a tubulação do bosque continua operando, o avanço das escavações é cuidado. Os operários preparam uma extensão, concretam o fundo e as laterais e só então avançam para o trecho seguinte. O tempo bom das últimas semanas ajudou no cronograma da obra, porém se a previsão de chuvas contínuas se confirmar nos próximos dias o andamento pode ser afetado.

A parte do fundo do canal está quase toda concretada, onde foram implantados degraus e barreiras para suavizar a velocidade da água. “Falta preparar apenas o trecho inicial, onde o canal se conecta à antiga rede de tubos de concreto, bem como construir um novo ramal de tubulação até a Avenida Presidente Castelo Branco, para eliminar o ponto de alagamento que se forma em períodos de chuva forte, na frente da Sala Aré de Educação Ambiental”, explicou o diretor de Obras da Prefeitura, Nélio Guazzelli.

O prefeito Celso Pozzobom lembra que o canal é uma obra emergencial para controlar um foco de erosão que avançava dentro do bosque, em direção ao cruzamento das avenidas Presidente Castelo Branco com Parigot de Souza, após o rompimento de uma antiga tubulação ármica. “O ponto recebe grande volume pluvial, já que a água das chuvas de toda a região central escoa pelo bosque”, lembra

O diretor de Obras lembra que o projeto receberá o investimento de R$ 1 milhão 144 mil em recursos do Contrato de Financiamento à Infraestrutura e Saneamento (Finisa). O canal de drenagem tem extensão de 115 metros e largura variável (de 6 m a 8,88 m entre a base e o topo). A altura é de 2,50 m. Já o ramal da rede pluvial terá 84 m e tubos de 1,20 m, com ligação ao canal de drenagem.

Visualizar imagens Flickr