Notícia

Estrada Passa Quatro é readequada e receberá cascalho produzido no aterro

Compartilhar:
16 de jan de 2020 Serviços Rodoviários
Imagem Estrada Passa Quatro é readequada e receberá cascalho produzido no aterro
Estrada Passa Quatro é readequada e receberá cascalho produzido no aterro

A Estrada Passa Quatro, acesso de várias propriedades rurais à Estrada Velha do distrito de Lovat, está recebendo uma completa readequação e será a primeira do município a ser cascalhada com material produzido no Aterro Sanitário Municipal, através da usina de britagem de entulho de construção. O serviço começou na última segunda-feira, 13, om a limpeza das faixas laterais, quebra de barranco e realinhamento da estrada, que estava um pouco fora do traçado original.

A Secretaria Municipal de Serviços Rodoviários está utilizando patrola e pás carregadeiras para as adequações do leito e limpeza das caixas de contenção de água da chuva. Nesta quinta-feira, 16, a escavadeira hidráulica do município reforçou a patrulha mecanizada responsável pela obra. A estrada tem cerca de 1,8 mil metros de extensão e a previsão de conclusão do serviço é de 20 dias, informou o secretário municipal de Serviços Rodoviários, Mauro Liutti.

Em funcionamento desde setembro, a usina de britagem implantada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente no aterro sanitário vem processando entulho de construção para a produção de brita. Após a separação de materiais como papel, plástico, metais, vidro e madeira (que depois são destinados à reciclagem), o entulho de construção descartado pelas empresas de caçambas é processado e triturado, resultando em brita de três bitolas diferentes.

A brita mais grossa será utilizada como cascalho para as estradas, enquanto a média e a fina podem ser usadas para acabamento e outras finalidades. A Prefeitura paga hoje cerca de R$ 1 mil por caminhão de cascalho, adquirido na região. O aterro recebe quase 100 caçambas de entulho por dia. Com este volume, a usina tem capacidade de produção de até 20 m³ por hora, aproveitando o entulho que antes era descartado em espaços particulares, às vezes dispensado de forma irregular em terrenos, aterros e fundos de vale. Desta forma, a usina permite ainda reduzir o volume de rejeitos dispensados na natureza.

Visualizar imagens Flickr