Notícia

Município distribui cestas verdes para famílias com insegurança nutricional

Compartilhar:
28 de mar de 2020 Assistência Social
Imagem Município distribui cestas verdes para famílias com insegurança nutricional
Município distribui cestas verdes para famílias com insegurança nutricional

A Prefeitura de Umuarama distribuiu na última quarta-feira, 25, mais um lote de cestas verdes para famílias em situação de vulnerabilidade social ou com carências nutricionais. A entrega ocorreu no Banco de Alimentos, ao longo do dia, com todos os cuidados para evitar a disseminação do coronavírus, conforme as recomendações dos decretos municipais. Os alimentos são adquiridos com recursos do governo federal e distribuídos para famílias indicadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

A cesta verde é distribuída semanalmente pelo município. “Ela é composta por verduras, legumes, tubérculos, pães e ovos, entre outros itens, para complementar a alimentação das famílias que fazem parte do Cadastro Único e são encaminhadas pelos CRAS. A prioridade é famílias com idosos, doentes crônicos acamados e pessoas com deficiência”, explicou a secretária de Assistência Social, Izamara Amado de Moura.

No total são 630 famílias, divididas em três grupos de aproximadamente 210 cada, que recebe a cesta a cada período de 20 dias, totalizando mais de 3 mil pessoas beneficiadas. Além disso, o programa atende ainda 15 entidades assistenciais – das quais nove estão funcionando normalmente, enquanto as demais tiveram as atividades paralisadas por questões de segurança sanitária (medidas preventivas ao coronavírus). A entrega dos alimentos às entidades é feita toda a segunda-feira.

O prefeito Celso Pozzobom lembrou que esse auxílio vem num momento importante, quando muitas pessoas estão em isolamento social e alguns trabalhadores estão com a renda reduzida. “Existe a vulnerabilidade social, a insegurança alimentar e também a necessidade momentânea. O município tem feito todo o possível para atenuar as consequências desse momento crítico para a saúde da população e essa alimentação chega em boa hora. Além disso, as entidades também estão distribuindo comida pronta para desempregados, pessoas em situação de rua ou de passagem pela cidade”, completou o prefeito.

Segundo o diretor de Agricultura e Pecuária do município, Vinícius Chimenez, o projeto tem o apoio da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, que faz a ponte entre o programa e os produtores rurais, além da gestão do Banco de Alimentos. “As cestas contam com alimentos de qualidade que fazem a diferença na alimentação dessas famílias. E para a entrega nós tomamos todos os cuidados para minimizar os riscos de contágio do coronavírus”, explicou.

A distribuição teve filas com distanciamento de dois metros entre os beneficiários. “Orientamos que apenas uma pessoa de cada família viesse buscar a cesta verde, fizemos marcações de distância no local da fila e o acesso para a entrega foi individual, com álcool gel para higienização das mãos”, informou. “Também recomendamos que não viessem pessoas idosas e que não trouxessem crianças, pois o momento exige todo o cuidado possível”, completou.

Visualizar imagens Flickr