Notícia

Fiscalização aponta muita desobediência às medidas de prevenção ao coronavírus

Compartilhar:
13 de abr de 2020 Defesa Civil
Imagem Fiscalização aponta muita desobediência às medidas de prevenção ao coronavírus
Fiscalização aponta muita desobediência às medidas de prevenção ao coronavírus

Fiscalizações sobre o cumprimento aos decretos de situação de emergência do município de Umuarama, bem como respeito à medidas de enfrentamento da epidemia de infecção humana pelo novo coronavírus, têm flagrado muitos casos de desobediência. O trabalho, realizado pela Guarda Municipal e pelas equipes de fiscais do Código de Posturas e da Vigilância Sanitária resultaram em 1.016 autuações e orientações, entre os dias 20 de março a 12 de abril, conforme relatório da Secretaria Municipal de Defesa Social.

Além disso, as equipes receberam 52 reclamações e denúncias de andarilhos perturbando o sossego público, 51 queixas de som alto e algazarra e 104 atendimentos a outras ocorrências. Em quatro situações, pessoas foram presas em flagrante e encaminhadas à 7ª Subdivisão Policial. No último final de semana, entre sexta-feira (10) e domingo (12), a Guarda Municipal atendeu a 42 chamados referentes a pessoas ou estabelecimentos descumprindo as normas de segurança determinadas para combater a propagação da Covid-19.

Os fiscais registraram ocorrências em supermercados que não estavam controlando o fluxo de clientes nem higienizando carrinhos, conforme decreto que estabelece condutas para o setor, aglomeração de pessoas com som alto, bares e mercearias comercializando bebidas para consumo no local, grupos de jovens e adolescentes em praças públicas, conveniência vendendo bebidas para consumo em pátio de posto de combustíveis, lanches funcionando normalmente na área central, distribuidora de bebidas servindo clientes no entorno, supermercado medindo a temperatura dos clientes e festas familiares e residenciais.

No sábado, 11, uma operação conjunta de fiscalização entre a Guarda, Vigilância Sanitária e fiscalização de Postura resultou em várias notificações, fechamento de bares e orientações a lanchonetes, igrejas e outros estabelecimentos. Algumas denúncias não eram procedentes e na maioria dos casos os comerciantes e pessoas acataram as recomendações da equipe de fiscais e da GMU. Em algumas situações, porém, foi necessário uma ação mais enérgica – como a autuação dos envolvidos e o fechamento do local.

“Em rondas pela área central, principalmente, orientamos os responsáveis por diversos estabelecimentos comerciais sobre o horário de funcionamento e observância das normas de segurança, prevenção e recomendações de higienização tanto dos ambientes quanto dos funcionários e clientes”, explicou o inspetor Valdiney Rissato, comandante da Guarda Municipal.

A fiscalização para cumprimento das normas preventivas e de combate ao coronavírus, estabelecidas em decretos municipais, terá continuidade. As denúncias podem ser feitas ao Call Center da Prefeitura, pelo fone (44) 3621-4141 ou diretamente à Guarda Municipal, pelo fone 153 ou e-mail gmu@umuarama.pr.gov.br

 

Vídeo desta notícia - clique aqui

Visualizar imagens Flickr