Notícia

Empresários e lideranças setoriais conhecem em detalhes a Zona Azul

Compartilhar:
19 de nov de 2009 Diversos
Imagem Empresários e lideranças setoriais conhecem em detalhes a Zona Azul
Empresários e lideranças setoriais conhecem em detalhes a Zona Azul

Empresários e lideranças setoriais de Umuarama conhecerão em detalhes, hoje (19), o sistema de estacionamento rotativo, mais conhecido como Zona Azul, que será implantado na cidade a partir do dia 23 de novembro. A apresentação do sistema para a Associação Comercial e Industrial de Umuarama (ACIU) será às 19h30 no Centro Cultural.
O prefeito Moacir Silva, que defende o sistema rotativo desde o início da atual gestão, já confirmou presença. "Temos a absoluta certeza de que neste final de ano vamos sentir uma grande diferença na área comercial, com o estacionamento rotativo beneficiando todo o comércio e, principalmente, o consumidor", tem afirmado o prefeito.
O uso de cartões por automóveis, camionetes, caminhões e motos será obrigatório nas ruas e avenidas regulamentadas de segunda a sexta-feira, das 9:00 às 17:00 horas, e aos sábados das 9:00 às 12:00 horas. Serão colocados à venda cartões tipo raspadinha de meia hora a R$ 0,50 e uma hora a R$ 1,00 para veículos e para motos cartões de uma hora a R$ 0,50.
A concessionária Caiuá, que irá operar o sistema, está na fase final de demarcação das vagas e capacitação da equipe de orientadoras e supervisoras. A partir da próxima segunda-feira, dia 23, até o dia 30, será realizado o período de orientação aos usuários, em que os motoristas que estacionarem nas vagas da Zona Azul receberão esclarecimentos e tirarão dúvidas. A partir do dia 1º, terça-feira, será obrigatório o uso do cartão da Zona Azul.
Na primeira etapa serão abertas 2.356 vagas assim distribuídas: 1.569 para automóveis, 28 para carga e descarga, 113 para idosos e 570 para motos. Deficientes físicos e clientes de farmácias estarão isentos de pagamento.

Cartão de tolerância
Na fase inicial, na compra de cada cartão de estacionamento da Zona Azul, o motorista receberá um cartão de tolerância de 10 minutos para paradas rápidas. "É um instrumento de apoio aos usuários na fase inicial, que pode ficar de dois a três meses, tempo necessário para a adaptação", explica o diretor da Caiuá, Hélio Mizubuti. O diretor informa que, quando o cartão de tolerância acabar, os usuários terão uma tolerância de 5 minutos a partir do momento em que estacionar. O tempo será controlado pelas orientadoras.

Regras do cartão de tolerância

*Destina-se a paradas rápidas para evitar o uso dos cartões de 30 minutos e de 1 hora;

*O usuário deverá assinalar o mês, dia, hora e minutos da chegada;

*Não será admitida a utilização de novo cartão de tolerância ao término do horário de validade de outro já utilizado;

*Não será admitida a utilização do cartão de tolerância ao término do horário de cartões de 30 minutos e de 1 hora, nem intercalados;

*Somente será admitida a utilização de novo cartão de tolerância, na mesma vaga, após intervalo de 1 hora, e desde que nesse período tenha havido a retirada do veículo daquela vaga na qual ocorreu a utilização do cartão anterior.