Esporte e Lazer

Com projeto social, Prefeitura traz escola de futebol do Athletico Paranaense

Data de publicação: 08/03/2023

Foto da matéria Com projeto social, Prefeitura traz escola de futebol do Athletico Paranaense

Carregando...
Carregando...
Carregando...

Um projeto social da Prefeitura de Umuarama, em parceria com o Clube Athletico Paranaense, vai garantir a crianças de famílias de menor poder aquisitivo a oportunidade de aprender futebol e sonhar com uma carreira profissional num dos grandes clubes do futebol brasileiro. O prefeito Hermes Pimentel autorizou a Secretaria Municipal de Integração Comunitária a firmar convênio com a Escola de Futebol Furacão, após uma reunião com representantes do clube na manhã desta quarta-feira, 8, na Prefeitura.

Além de uma escola oficial do Athletico Paranaense, Umuarama deve sediar também a próxima edição da Copa Furacão de Futebol para categorias de base, que deve reunir mais de 1.200 crianças em julho deste ano. “Receberemos entre 3,5 mil e 4 mil visitantes durante o evento, que vão se hospedar na nossa rede hoteleira e consumir no comércio local, shopping, restaurantes e lanchonetes durante quatro dias. Vai ser muito bom para os empresários e a cidade”, destacou o prefeito.

A ideia surgiu a partir da prospecção de projetos sociais determinada pelo prefeito ao secretário de Integração Comunitária, Thiago Torres do Nascimento. “Estivemos em Curitiba e, em contato com o clube, conhecemos o projeto social em parceria com as prefeituras e surgiu essa possibilidade. Os representantes do Athletico se interessaram por Umuarama e decidiram conhecer as nossas condições”, explicou.

O gestor de Escolas de Futebol do clube, Ricardo Silva, e o empresário Luiz Carlos de Morais Lima Júnior apresentaram o projeto na reunião, que teve ainda a presença da chefe do Núcleo Regional de Educação, Gilmara Zanata, dos secretários municipais de Indústria e Comércio, Marcelo Adriano Lopes da Silva, da Administração, Sara Urbano, da Educação, Mauriza de Lima Menegasso, e o chefe do escritório regional da Paraná Esporte, Adalberto Carlos Rigobello.

Inicialmente devem ser abertas 50 vagas para garotos de 11 a 15 anos, com possibilidade de ampliação. “Interessante que o projeto não exigirá investimento significativo do município, já que o clube não cobra das prefeituras a taxa de franquia que é praticada com parceiros comerciais, e retorno será expressivo”, acrescentou Thiago Caju. O projeto já está em 92 cidades do Paraná.

ESCOLA DE VIDA

Além do aprendizado do futebol e da prática esportiva, as escolinhas do Furacão espalhadas pelo Brasil e exterior visam preparar os alunos para se tornarem verdadeiros cidadãos, pessoas melhores e mais felizes, independentemente de se tornarem atletas no futuro. “O objetivo é contribuir para a formação integral do ser humano, desenvolvendo competências comportamentais, sociais, emocionais e valores familiares por meio do futebol”, reforçou Ricardo Silva.

O prefeito Pimentel aprovou a proposta e até vestiu a camisa do Furacão para as fotos oficiais. “É uma grande oportunidade para as crianças carentes de Umuarama, uma parceria muito boa que nos ajudará a oferecer uma vida mais saudável aos meninos, longe das drogas e criminalidade, educando-os para a vida por meio de atividades sadias e gratuitamente”, destacou.

Pelo projeto social os alunos têm a possibilidade de visitar a estrutura do clube, jogos da equipe principal, avaliações técnicas para captação de atletas supervisionadas por profissionais do Rubro-Negro, cartilha metodológica para professores e alunos, oficinas e palestras para a capacitação e atualização dos professores, livre acesso para organizar amistosos, festivais e campeonatos dentro da rede de escolas.

Ver fotos no Flickr
Compartilhar: